Page 45

EH Abril - Maio 2013

Eylia ® já foi aprovado no Brasil, na Colômbia e no Chile e, o seu uso pode chegar a melhorar a visão dos pacientes em duas linhas, ainda que os resultados variem entre indivíduos. Neste sentido, Lavagnino expressou que “Eylia ® representa uma nova opção terapêutica para melhorar a vista de pacientes com idade avançada que padecem de DMRE úmida. Esta nova terapia poderia potencialmente reduzir o número de visitas a hospitais e permitir que os pacientes levem uma vida melhor”. Continuando o curso dos eventos comemorativos, a Bayer também convidou os meios de comunicação à Fundação Santa Fe de Bogotá, instituição que se caracteriza a nível nacional e internacional pela qualidade das suas pesquisas. Este centro médico abriu as suas portas ao público em 1983, contando com tecnologia de ponta, os mais destacados especialistas em quase todos os campos da medicina e um completo serviço que inclui as áreas do Hospital Universitário, Saúde Comunitária, Centro de Inovação e Educação e Centro de Estudos. Durante o ato, as duas empresas apresentaram os novos desenvolvimentos da Fundação na área de Medicina Nuclear, uma especialidade em imagens diagnósticas que, como garantiu a doutora Patricia Bernal, tem como objeto avaliar não só a forma, mas também a função dos órgãos, permitindo fazer diagnósticos precoces. Além disso, a visita realizada durante o ato comemorativo enfocou-se também no departamento de Oncologia da Fundação Santa Fe de Bogotá, que com o tempo, a instituição espera converter em um Instituto de Câncer. O câncer é considerado pela Organização Mundial da Saúde, como uma das principais causas de morte em todo o mundo. Dentro do seu programa de oncologia, a Bayer introduziu o Alpharadin ® (cujo princípio ativo é o cloreto de radio-223), um medicamento concebido para o tratamento do câncer de próstata metastásico. Este câncer é o quinto mais comum no mundo com aproximadamente 900.000 casos por ano, dos quais 120.600 são diagnosticados na América Latina. O fármaco demonstrou resultados na fase III do estudo, aumentando a sobrevida dos pacientes com este diagnóstico. Ainda que careça de aprovação, a solicitação de comercialização atualmente conta com o status de revisão prioritária por parte da Agência Federal de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA por suas siglas em inglês). De outro lado, para o manejo do câncer colorretal metastásico (CCRm) e dos tumores do estroma gastrointestinal (GIST, por suas siglas em inglês), a Bayer apresentou o Stivarga ® (Regorafenib), já aprovado nos Estados Unidos para ambas indicações após o sucesso dos resultados na fase III dos estudos. O medicamento foi designado como medicamento órfão para o tratamento do GIST. ■ www.ELHOSPITAL.COM pesquisa global eh0413Bayer Entre em contato com o fornecedor: Código 22 www.elhospital.com/contactealproveedor abril - maio 2013 41


EH Abril - Maio 2013
To see the actual publication please follow the link above